Notícias

(21/9/2017) Santos Brasil põe à venda dois terminais

By | 22 Set, 2017

A Santos Brasil, maior empresa brasileira de terminais portuários, com especialização no segmento de contêineres, colocou à venda seus ativos nas cidades de Imbituba (SC) e Barcarena (PA), segundo o Valor apurou com duas fontes a par do assunto.

O objetivo da companhia é se concentrar apenas no terminal de contêineres de Santos (SP), considerado a joia da coroa da Santos Brasil. Abastecida de caixa após a venda desses ativos, a empresa pretende realizar investimentos de cerca de R$ 1 bilhão, dentro do processo de renovação do terminal.

Na cidade catarinense, a empresa tem um terminal de contêiner, que foi arrendado em 2008, e outro de carga geral. Ambos foram colocados à venda.

Desde que arrendou o terminal de Imbituba, em março daquele ano, a Santos Brasil enfrenta dificuldades para fazer essa unidade decolar. A capacidade ociosa é gigantesca frente à oferta de carga.

O Valor apurou que a Santos Brasil está em conversa com várias empresas do setor potencialmente interessadas no ativo. Procurada pela reportagem, a MSC, apontada como forte candidata, negou oficialmente qualquer negociação em curso.

Fontes ouvidas pelo Valor consideram que um cenário possível é a Terminal Investiment Limited (TIL), operadora de terminais que é tradicionalmente ligada ao armador internacional MSC, ser uma forte candidata. A TIL assumiu em junho 100% da Portonave, também no Sul, ao comprar os 50% que eram da sócia Triunfo Participações e Investimentos (TPI), com desembolso de R$ 1,3 bilhão.

Se efetivada uma negociação, a MSC poderia levar parte da carga que transborda no terminal da BTP (do qual são sócias a TIL e APM Terminals) em Santos para Imbituba, de onde seguiria para os mercados do Mercosul.

A Santos Brasil também pretende alienar o terminal de contêineres Vila do Conde, no Pará, posicionado para atender o Norte do país e a região amazônica.

O Tecon Vila do Conde é de pequeno porte, mas vem performando bem. É um dos que tem ampliado a movimentação de carga no país. No momento, a companhia tem um pleito para a renovação antecipada do ativo, que foi arrendado em 2008.

A venda dos terminais em Imbituba e em Barcarena não precisam se dar necessariamente para um único comprador.

Além desses dois terminais, a Santos Brasil conta com o Tecon Santos – um dos maiores e mais eficientes de contêineres do país – e com o TEV, terminal para embarque e desembarque de veículos. Ambos estão situados na margem que fica no município do Guarujá, colado a Santos.

A Santos Brasil tem como principais investidores, após ir no ano passado ao Novo Mercado da B3, fundos do Opportunity (de Daniel Dantas), Richard Klein e a gestora Dynamo. Cerca de 25% dos seus papéis estão em circulação no mercado. Sua alavancagem financeira é baixíssima, de 0,5 vezes, na relação de dívida líquida sobre o Ebitda.

Procurada para comentar as informações sobre a venda de ativos, a Santos Brasil informou que não comenta o assunto.

Fonte: Valor Econômico, 21/9/2017.