Notícias

Amaggi estuda comprar frota de até 500 caminhões para esta safra

By | 14 Ago, 2018

A Amaggi, maior empresa de comercialização de grãos nacional, estuda adquirir frota própria de caminhões diante do estabelecimento de uma tabela de preços pré-fixados para o frete rodoviário, imposta pelo governo federal. A companhia, assim, aumenta o grupo de empresas que já se manifestaram no mesmo sentido, como Cargill e Copersucar.

Em entrevista ao Valor, o CEO da Amaggi, Judiney Carvalho, afirmou que a empresa cogita comprar entre 300 e 500 unidades novas já para esta safra. A necessidade total da Amaggi é de cerca de 5 mil caminhões para operar em toda a cadeia – entre fazendas e armazéns, fábricas de processamento e portos para o produto que é exportado.

“A safra 2018 ainda tem muita coisa pra ser comercializada. E era pra gente já estar comercializando a safra 2019. Na verdade, a coisa toda parou no agronegócio”, afirmou o executivo, que assumiu o comando da Amaggi em janeiro deste ano. Em geral, as tradings começam as compras de grãos da safra seguinte em maio e junho, disse ele.

Os caminhões próprios deverão fazer as rotas consideradas mais importantes para a companhia. Se a tabela de frete for mantida, a Amaggi considera comprar mais caminhões em 2019, e outros no ano seguinte. “Vai ser a dor do parto entrar num setor que a gente não domina. Vamos ter que apanhar um pouco, como tudo no começo”.

O investimento esperado é de R$ 550 mil a R$ 600 mil por caminhão.

Fonte: Valor, 13/8/2018.