News

BABITONGA MOVIMENTA 59,3% DA CARGA GERAL DOS PORTOS DE SC

By | 28 Feb, 2020

O Complexo Portuário da Baía da Babitonga, que compreende os terminais portuários de Itapoá e São Francisco do Sul, representa 59,3% de toda a carga movimentada pelos portos no Estado. Ao todo, Santa Catarina registrou quase 47 milhões de toneladas. Desse montante os portos da Babitonga movimentaram quase 28 milhões de toneladas.

Segundo os dados da Antaq, o incremento em Itapoá foi o maior entre os seis maiores portos brasileiros, de 15,92%, com 735 mil TEUS movimentados em 2019 – dados preliminares divulgados pelo porto em janeiro apontavam crescimento de 14%.

Desde o segundo semestre do ano passado, o Terminal apresentava uma retomada no crescimento do volume, especialmente com cargas de importações e transbordo. Em outubro já figurava na terceira posição e nos meses subsequentes manteve o resultado.

Nota divulgada pela administração do mais novo porto catarinense dá mais detalhes:  “Em oito anos de operação o Porto Itapoá desenvolveu uma estratégia de diferenciação frente aos demais portos brasileiros, explorando as condições favoráveis da Baía da Babitonga na operação de grandes navios, somadas a um engajamento de suas equipes na busca incessante pela excelência operacional. Outro fator sempre foi o cuidado constante com o atendimento personalizado ao Cliente, visando sua satisfação através da agilidade e resolutividade das demandas trazidas por eles. Inclusive, este fator levou o Porto Itapoá a ser reconhecido pelo terceiro ano consecutivo como “Destaque Setorial em Atendimento ao Cliente”, através de pesquisa realizada pelo IBRC – Instituto Ibero-Brasileiro de Relacionamento com o Cliente.”

Mais adiante, assinala:  “O Presidente do Porto Itapoá, Cássio Schreiner, enfatiza que os números de 2019 precisam ser comemorados como o resultado do trabalho intenso e profissional desenvolvido em Itapoá. “O Porto Itapoá nasceu do zero. Em um município que nos abraçou desde o princípio de nossas atividades mas, que nunca havia experimentado a vocação portuária. Foi necessário investir em infraestrutura, formar pessoas, estabelecer cultura logística e empreendedora. Com todos esses desafios, é extremamente gratificante ver esse resultado e saber que todo o esforço empenhado levou o Porto Itapoá a ser o maior porto de Santa Catarina na movimentação de contêineres, e terceiro maior do Brasil, em apenas oito anos.”

Fonte: Informativo dos Portos, 26/02/2020.