Notícias

Contrato de R$ 369 milhões para dragagem do porto de Santos é assinado

By | 08 Fev, 2017

O governo assinou na tarde desta terça-feira o contrato para a realização da dragagem do porto de Santos (SP). A obra, no valor de R$ 369 milhões, vai estabelecer a profundidade entre 15,4 e 15,7 metros no canal de navegação porto. Os berços de atracação terão nova fundura, entre 7,6 e 15,7 metros.

A empresa responsável pelas obras e serviços de dragagem de manutenção será a Van Oord. A empresa terá 17 meses para conclusão dos serviços, divididos em seis meses para apresentação do projeto básico e 11 para execução.

Na semana passada o ministro dos Transportes, Maurício Quintella, esteve no porto de Santos para assinar o contrato, mas adiou a cerimônia alegando que o processo de empenho de recursos atrasara.

O adiamento, disse na ocasião, em nada teve a ver com a decisão da EEL Infraestruturas, primeira colocada na licitação para a obra, de judicializar o processo. A EEL teve o contrato rescindido unilateralmente após o governo recusar pela terceira vez a garantia do contrato apresentada pela empresa.

Para Quintella, as obras e serviços de dragagem devem gerar, de imediato, impacto positivo na cadeia logística: “Ao se ampliar a capacidade de movimentação, teremos a diminuição do custo dos fretes, a ampliação da competitividade em nível nacional, trazendo benefícios que alcançarão, certamente, os consumidores finais”, disse em nota.

Estima-se que a cada centímetro de ganho de profundidade será ampliada a capacidade das embarcações em até oito contêineres — média de cem toneladas.

Fonte: Valor Econômico, 8/2/2017.