Notícias

Iniciada revisão do Plano Mestre do Porto de Vitória

By | 07 Mar, 2018

O Departamento de Planejamento da Secretaria Nacional de Portos (SNP), Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, representado pelo coordenador-geral de Planejamento, Estudos e Logística Portuária, Felipe Gama, e a equipe técnica da CODESA, por meio da Diretoria de Planejamento e Desenvolvimento (DIRPAD), apresentaram nesta segunda-feira (5), as diretrizes para o início da revisão do Plano Mestre do Porto de Vitória.

O Plano Mestre é um instrumento de planejamento voltado à unidade portuária, que considera as perspectivas do planejamento estratégico do Plano Nacional de Logística Portuária – PNLP e visa direcionar as ações, as melhorias e os investimentos de curto, médio e longo prazo nos portos e em seus acessos.

A reunião inicial teve por objetivo apresentar a sistemática de condução dos trabalhos que vão ocorrer ao longo das próximas duas semanas: A primeira de hoje até dia 9 de março e a segunda etapa, na semana de 19 a 23 deste mês.

Nesta segunda etapa estão previstas várias reuniões com as equipes multidisciplinares, que irão ouvir representantes da Autoridade Portuária, agentes públicos e privados, além de gestores municipais e estaduais.

O Plano Mestre apura o perfil do porto participante e toda infraestrutura existente, como a capacidade de acessos terrestres e aquáticos, as instalações portuária disponíveis, mas também trata da relação porto-cidade, os aspectos sociais, econômicos e ambientais, bem como como questões administrativas e financeiras da Companhia.

Os elementos serão analisados, diagnosticados e, onde for detectada necessidade de melhoria e/ou ampliação, a Secretaria Nacional de Portos pretende investir.

O diagnóstico pretende apontar diretrizes para promover crescimento e desenvolvimento, seguindo o Plano de Desenvolvimento e Zoneamento Portuário (PDZ), que é de competência do Porto de Vitória e da Autoridade Portuária.

Fonte: Coordenação de Comunicação da CODESA, 7/3/2018.