Agência Porto | Consultoria

Notícias

Ministério lança Anuário Estatístico 2018

By | 06 Jul, 2018

A edição do Anuário Estatístico 2018 produzido pela Secretaria de Política e Integração do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil identificou o crescimento de 82% do escoamento da safra pelas instalações portuárias das regiões norte e nordeste, o chamado Arco Norte. Foi constatado o aumento da participação de 33%, em 2016, para 41%, em 2017, no total das exportações aquaviárias de granel sólido agrícola.

Além disso, o estudo apresenta as origens e destinos das mercadorias por modo de transporte; a movimentação portuária e aeroportuária por UF; análises técnicas de corredores de transporte de alguns produtos como arroz, veículos, bauxita, derivados de petróleo, soja e milho, minério de ferro, adubos e fertilizantes e trigo.

A análise mostrou um aumento na movimentação de passageiros e de cargas em quase todos os modos de Transportes, comparando 2017 com o ano anterior. O transporte de passageiro aéreo (+2,5%) e o rodoviário (+0,4%) cresceram, assim como o transporte de cargas nos modos aeroviário (+10,3%), aquaviário (+8,3%), ferroviário (+6,9%) e rodoviário (+0,4%). Apenas o transporte dutoviário apresentou queda de movimentação.

“O estudo beneficia a sociedade, subsidiando o poder público e a iniciativa privada com informações que contribuirão para a tomada de decisões e a elaboração de projetos e estratégias. Com as informações do estudo os gestores poderão formular políticas que fomentem o crescimento socioeconômico de municípios, estados e do país”, afirmou o secretário de Política e Integração do Ministério dos Transportes, Carlos Barros.

Segundo o panorama econômico do Anuário, de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a demanda interna das famílias cresceu 1% em 2017, comparado a 2016, após dois anos seguidos em baixa (-4,2% em 2016 e -3,2% em 2015). Isso pode ser explicado pela queda da inflação e dos juros, pelo aumento do crédito e pela melhora de indicadores como emprego e renda.

Esse aumento da demanda interna por produtos e serviços teve como resultado a retomada do comércio brasileiro (+1,8%) em 2017, o melhor desempenho para o setor em quatro anos, afetando a demanda por transporte de carga, em especial, o rodoviário e o aéreo. Saiba mais sobre os dados disponibilizados aqui no Anuário Estatístico de Transportes do MTPA.

Desde 2017 a publicação coloca à disposição dos setores público e privado informações consolidadas sobre a atuação dos modais de transportes, além de apresentar as perspectivas da logística para o setor. Nos transportes todos os modais foram avaliados, além da movimentação de cargas (2010-2017) em graneis sólidos agrícolas; graneis sólidos mirais; graneis líquidos e gasosos; carga geral contêineres.

O documento divulga dados tratados de forma sistêmica, tornando-o uma referência para o setor, agregando informações sobre todos os modos de transporte de carga, bem como, do transporte interestadual e internacional de passageiros.

Confira também a apresentação do anuário estatístico 2018

Fonte: Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, 5/7/2018.