Notícias

Ministro dos Transportes anuncia investimento de R$100 milhões no Porto de Maceió

By | 21 Set, 2016

Em reunião na manhã desta sexta-feira, 16, no Porto de Maceió, o ministro dos Transportes, Aviação e Portos, Maurício Quintella, informou sobre liberação de R$ 100 milhões de reais para obras de dragagem e reforma do terminal de passageiros.

“São obras aguardadas há 18 anos e que vão permitir por exemplo que o Porto de Maceió receba os grandes navios e os transatlânticos, trazendo mais turistas e gerando mais empregos e renda para o alagoano. Uma ação conjunta com os parlamentares de Alagoas”, declarou Quintella.

Presente à reunião, o deputado federal Marx Beltrão destacou que o trabalho é fruto do empenho da bancada alagoana no Congresso Nacional, do Ministro Maurício Quintella e do presidente Michel Temer.

“Sou da Comissão de Orçamento e estamos concentrados em garantir estas obras, pois elas vão deixar o Porto no nível dos melhores do nosso país. Uma luta de 18 anos, que conseguimos realizar em quatro meses”, reforçou Marx Beltrão.

Para o administrador do Porto de Maceió, Tadeu Lira, elogiou a iniciativa do ministro Maurício Quintella e do trabalho de Marx Beltrão para criar condições para retomada da geração de emprego no Estado. Neste caso, a dragagem vai aumentar o calado, profundidade a que se encontra o ponto mais baixo da quilha de uma embarcação, em relação à linha d’água (superfície da água).

“Alagoas vai entrar na rota nacional dos transatlânticos como pretende o ministro e nos solicitou o deputado federal Marx Beltrão. Vai alavancar a movimentação no terminal açucareiro em cabotagem e, principalmente, em navios de longo curso, reduzindo fortemente o custo de atracação. É sem sombra de dúvidas o maior investimento que o Porto recebe desde 1998″, declarou Lira. O ministro também anunciou uma agenda permanente de obras estruturantes, como a pavimentação das vias de acesso do Porto, cercamento, enrocamento do muro de proteção, recuperação do Terminal de Granel Líquido e a reposição de defensas. “Isso tornará o Porto muito mais competitivo para atrair investimentos de players do mercado”, afirmou o ministro.

Fonte: Alagoas 24 horas, 16/9/2016.