Notícias

Plano de melhorias para portos de Salvador e Aratu é aprovado pelo governo federal

By | 20 Ago, 2018

Na última semana, a Codeba, responsável pela administração dos portos públicos baianos, recebeu a autorização do governo federal para implantar o Plano de Desenvolvimento e Zoneamento (PDZ) para os portos de Salvador e Aratu-Candeias. A portaria assinada pelo ministro dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Valter Casimiro Silveira, na última quinta-feira (dia 16), vai permitir uma série de melhorias nos dois mais importantes portos da Bahia, que juntos já movimentaram este ano mais de 6 milhões de toneladas de cargas. Em Aratu, o PDZ aprovado prevê a construção de dois berços no Terminal de Granéis Líquido, com profundidade variando de 13 a 15 metros, ampliação das áreas de tancagem e de armazenamentos de cargas. Além disso, o plano é implantar um pátio de triagem, um polo industrial e um terceiro berço no Terminal de Granéis Sólidos, para movimentação de minério de ferro e alguns arrendamentos. No Porto de Salvador, está prevista a expansão do terminal de contêineres, com um novo berço de 423 metros de comprimento e 18 metros de largura, além de uma área para carga geral e novos arrendamentos.

O que é o PDZ

O diretor-presidente da Codeba, Rondon Brandão do Vale, explica que o PDZ é um instrumento de planejamento operacional da administração portuária, que compatibiliza às políticas de desenvolvimento urbano municipais, estaduais e regionais. O objetivo é estabelecer ações e metas para expansão racional e a otimização do uso de áreas e instalações dos portos. O resultado esperado é a tão esperada modernização dos portos públicos do estado.

Fonte: Correio 24horas, 20/8/2018.