Notícias

Porto registra queda de 0,1% nas operações em relação a 2015

By | 08 Nov, 2016

O Porto de Santos registrou queda de 0,1% no movimento acumulado até setembro deste ano em comparação com igual período anterior. Trata-se da primeira retração desde dezembro de 2014, segundo a Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp). A estatal afirma ter projetado previamente os índices negativos.

Pelos dados oficiais divulgados ontem, o acumulado totalizou 88,5 milhões de toneladas movimentadas em 2016, enquanto que em igual intervalo de 2015 a marca chegou a 88,6 milhões de toneladas. O resultado foi impactado diretamente pelo recuo de 5% nas importações e pequena alta de 1,8% nas exportações.

Somente em setembro, o movimento atingiu 9,9 milhões de toneladas, redução de 9,9% em relação ao mesmo mês de 2015 (quando foi registrada a quinta maior movimentação mensal histórica: 11 milhões de toneladas). As exportações fecharam em 6,8 milhões de toneladas, uma queda de 17,1%. Já as importações somaram 3 milhões de toneladas, alta de 11,9%.

“A marca demonstra a estabilidade do Porto de Santos, lembrando que no ano passado houve um ponto fora da curva, que foi o excesso de demanda de milho no período”, disse o diretor-presidente da Codesp, José Alex Oliva, por nota. Desta vez, apenas a movimentação do milho recuou 18,5% em relação ao mesmo período de 2015.

No acumulado de janeiro a setembro, ainda segundo dados da Codesp, o açúcar e a soja mantiveram tendência de elevação, com crescimento de 18% e 8%, respectivamente.

Nas exportações, carne bovina e sucos cítricos também registraram elevação, de 10,5% e 8%, cada uma. Nas importações, a maior participação foi do adubo, que atingiu 2,3 milhões de toneladas, o que corresponde a um aumento de 38,8%.

Contêineres

A movimentação de contêineres no Porto de Santos também registrou queda de 6,9%. Até setembro, 2,6 milhões de TEU (unidade equivalente a um contêiner de 20 pés) passaram pelo cais santista. Já no mesmo período do ano passado, o volume foi de 2,8 milhões de TEU.

A participação do cais santista na balança comercial brasileira atingiu 28,9%, o equivalente a US$ 70,1 bilhões até setembro deste ano. Conforme dados oficiais da Autoridade Portuária, as exportações somaram US$ 39,9 bilhões e as importações, US$ 30,2 bilhões. No acumulado nacional dos nove primeiros meses deste ano, os valores passam de US$ 242,6 bilhões.

Os índices mostram que China e Estados Unidos permanecem como principais parceiros do Brasil no comércio pelo cais santista.

A quantidade de navios que passaram pelo Porto de Santos também sofreu redução. A Autoridade Portuária registrou a atração de 3.596 embarcações entre janeiro e setembro de 2016, queda de 7,1% em relação ao mesmo período de 2015, que registrou 3.871 atracações. Apenas em setembro, foram 387 atracações no cais santista contra 423 no nono mês de 2015.

Fonte: A Tribuna, 7/11/2016.