Notícias

TIL e MultiRio fecham parceria para explorar porto

By | 10 Nov, 2017

Após assumir recentemente 100% do terminal portuário Portonave (SC), a Terminal Investment Limited Sàrl (TIL) vai expandir a atuação no Brasil. A empresa acertou uma parceria com a MultiRio, do grupo Multiterminais, da família Klien, para explorar parte do terminal de contêineres do grupo carioca no porto do Rio. A TIL é ligada ao armador de contêineres MSC, o segundo maior do mundo, atrás da dinamarquesa Maersk.

O acordo foi aprovado sem restrições pela Superintendência-Geral do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade). Ontem terminou o prazo para o tribunal do órgão pedir análise do processo e até o início da noite isso não havia acontecido. Sem pedido do tribunal, o caso é arquivado e as empresas podem consumar a operação.

O presidente da MultiRio, Luiz Henrique Carneiro, disse que o acordo com a TIL é uma espécie de joint venture, conhecida na linguagem jurídica como sociedade em conta de participação (SCP). Trata-se, na prática, de um acordo operacional entre as duas empresas segundo o qual a TIL vai operar metade do terminal da Multi-Rio por período de longo prazo, atendendo navios da MSC.

O propósito da SCP será explorar aproximadamente 50% da infraestrutura do terminal, para ofertar serviços de movimentação e armazenagem alfandegada, atividades de transporte marítimo regular de contêineres da MSC – a principal provedora de navios -, “além de outros serviços de navegação que a MSC for capaz de direcionar às instalações Multi-TIL”, descreve o parecer.

Carneiro negou que a operação inclua venda de uma participação acionária no capital da MultiRio para a parceira. Em 2011, a MultiRio teve aprovada a renovação antecipada do contrato de arrendamento até 2048. Em contrapartida, se comprometeu com investimentos de R$ 500 milhões na ampliação dos terminais de contêineres e de veículos, no porto do Rio. A MultiCar, empresa do grupo Multiterminais dedicada à movimentação de automóveis, não faz parte do acordo com a TIL.

Baseada na Suíça, a TIL é subsidiária integral da Terminal Investment Limited Holding, que é 51% detida indiretamente pela MSC, também com sede na Suíça. Os restantes 49% da TIL pertencem a um fundo de private equity chamado Global Infrastructure Partners (GIP).

Carneiro disse que o acordo está inserido na tendência global de terminais de contêineres se associarem a grandes operadores internacionais. “Estamos fazendo uma parceria estratégica.”

A TIL investe, desenvolve e gerencia terminais de contêineres em todo o mundo. Seu portfólio inclui a operação de 34 terminais portuários em 22 países nos cinco continentes. No Brasil, além da Portonave, na cidade catarinense de Navegantes, detém 50% da Brasil Terminal Portuário (BTP), no porto de Santos (SP).

As negociações se estenderam por dois anos e a escolha da TIL levou em conta também o fato de o operador ter participação acionária da MSC – o principal cliente, entre os armadores, da MultiRio.

Fonte: Valor, 10/11/2017.