Autoridade Portuária de Santos recebe 3ª audiência pública do túnel Santos-Guarujá
A 3ª audiência pública referente ao túnel imerso ligando Santos ao Guarujá ocorreu na manhã desta sexta-feira (19), na sede da Autoridade Portuária de Santos (APS), visando o aprimoramento do projeto. Os impactos na vida das pessoas, como desapropriações e acessos projetados têm sido alguns dos pontos tratados com muita atenção no decorrer dos estudos para viabilização do empreendimento. Esta reunião fechou o ciclo de três audiências promovidas em Santos e Guarujá nos dias 17 e 18 de abril.

O presidente da APS, Anderson Pomini, frisou que o projeto já está sendo debatido pela Autoridade Portuária há um ano, objetivando minimizar, o máximo possível, os transtornos na vida das pessoas. “Já foram feitas cerca de 25 mini audiências envolvendo as prefeituras de Santos e Guarujá. Estão sendo abordados, também, os eventuais impactos da obra na manutenção do canal de navegação, nas operações portuárias e no tráfego de veículos. Todos os aspectos da obra estão sendo estudados por uma equipe altamente qualificada”, disse Pomini. Com relação a eventuais desapropriações na margem direita do Porto (em Santos), o presidente da APS afirma que “estamos trabalhando para que não haja nenhuma desapropriação, com exceção de uma área da própria Autoridade Portuária”.

A obra será viabilizada por meio de uma parceria público-privada (PPP), com recursos dos governos federal e estadual, envolvendo investimentos de R$ 5,96 bilhões. Trará impactos positivos para o Porto de Santos, para toda a região da Baixada Santista e para o Brasil. O túnel terá extensão de 860 metros e um prazo de concessão de 30 anos.

Integraram a mesa diretora dos trabalhos o presidente da APS, Anderson Pomini; o diretor-geral da Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), Milton Persoli; a secretária-executiva adjunta do Ministério de Portos e Aeroportos (MPor), Gabriela Costa; diretora do Programa de Parcerias e Investimentos (PPI) da Presidência da República, Amanda Seabra; a diretora do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) do Governo Federal, Amanda Seabra; os diretores da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), Eduardo Nery e Alber Vasconcelos; a diretora econômico-financeira da Companhia Paulista de Parcerias, Raquel Carneiro; e o Arquiteto da APS, Reginaldo Ortega Ramos.

A consulta pública para envio de contribuições para o projeto de construção e concessão do Túnel Santos-Guarujá se estende até o dia 3 de maio, por meio deste formulário.

Leia Também Outras Notícias

Agência Porto
| 27 Mai, 2024

Superavit brasileiro chega a US$ 34,6 bi de janeiro à quarta semana de maio

Leia mais
Agência Porto
| 27 Mai, 2024

Comunidade portuária doa quase R$ 1 milhão para vítimas das enchentes no RS

Leia mais
Agência Porto
| 27 Mai, 2024

Porto do Rio de Janeiro recebe delegação da Malásia em missão comercial

Leia mais

Como podemos ajudar?

Conte como podemos auxiliar com um dos nossos serviços e soluções.

Solicite um orçamento

Este site usa cookies para personalizar conteúdo e analisar o tráfego do site. Conheça a nossa Política de Privacidade.