Autoridade Portuária de Santos recebe 3ª audiência pública do túnel Santos-Guarujá
A 3ª audiência pública referente ao túnel imerso ligando Santos ao Guarujá ocorreu na manhã desta sexta-feira (19), na sede da Autoridade Portuária de Santos (APS), visando o aprimoramento do projeto. Os impactos na vida das pessoas, como desapropriações e acessos projetados têm sido alguns dos pontos tratados com muita atenção no decorrer dos estudos para viabilização do empreendimento. Esta reunião fechou o ciclo de três audiências promovidas em Santos e Guarujá nos dias 17 e 18 de abril.

O presidente da APS, Anderson Pomini, frisou que o projeto já está sendo debatido pela Autoridade Portuária há um ano, objetivando minimizar, o máximo possível, os transtornos na vida das pessoas. “Já foram feitas cerca de 25 mini audiências envolvendo as prefeituras de Santos e Guarujá. Estão sendo abordados, também, os eventuais impactos da obra na manutenção do canal de navegação, nas operações portuárias e no tráfego de veículos. Todos os aspectos da obra estão sendo estudados por uma equipe altamente qualificada”, disse Pomini. Com relação a eventuais desapropriações na margem direita do Porto (em Santos), o presidente da APS afirma que “estamos trabalhando para que não haja nenhuma desapropriação, com exceção de uma área da própria Autoridade Portuária”.

A obra será viabilizada por meio de uma parceria público-privada (PPP), com recursos dos governos federal e estadual, envolvendo investimentos de R$ 5,96 bilhões. Trará impactos positivos para o Porto de Santos, para toda a região da Baixada Santista e para o Brasil. O túnel terá extensão de 860 metros e um prazo de concessão de 30 anos.

Integraram a mesa diretora dos trabalhos o presidente da APS, Anderson Pomini; o diretor-geral da Agência de Transporte do Estado de São Paulo (Artesp), Milton Persoli; a secretária-executiva adjunta do Ministério de Portos e Aeroportos (MPor), Gabriela Costa; diretora do Programa de Parcerias e Investimentos (PPI) da Presidência da República, Amanda Seabra; a diretora do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) do Governo Federal, Amanda Seabra; os diretores da Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq), Eduardo Nery e Alber Vasconcelos; a diretora econômico-financeira da Companhia Paulista de Parcerias, Raquel Carneiro; e o Arquiteto da APS, Reginaldo Ortega Ramos.

A consulta pública para envio de contribuições para o projeto de construção e concessão do Túnel Santos-Guarujá se estende até o dia 3 de maio, por meio deste formulário.

Read Also Other News

Agência Porto
| 27 Mai, 2024

Superavit brasileiro chega a US$ 34,6 bi de janeiro à quarta semana de maio

Read more
Agência Porto
| 27 Mai, 2024

Comunidade portuária doa quase R$ 1 milhão para vítimas das enchentes no RS

Read more
Agência Porto
| 27 Mai, 2024

Porto do Rio de Janeiro recebe delegação da Malásia em missão comercial

Read more

How can we help?

Tell us how we can help with one of our services and solutions.

Request a quote

This website uses cookies to personalize content and analyze website traffic. Meet our Privacy Policy.